• AET para produtos siderúrgicos

    Transporte de produtos siderúrgicos com dimensões excedentes

    A Resolução Nº 293, de 29 de setembro de 2008, que trata do transporte de produtos siderúrgicos inclui nesta categoria os seguintes produtos: barra, bobinas, chapas, lingotes, perfis, sucata, tarugo, tubos e vergalhão

     

    Os principais requisitos estabelecidos pela Resolução 293/08 do Contran e seus Anexos dizem respeito à amarração das cargas e a obrigatoriedade do porte de Autorização Especial de Trânsito, em especial para o transporte de Chapas Metálicas com largura máxima de até 3,20m e para o transporte de Tubos em pirâmide, vide figura abaixo, com largura máxima de até 3,20m e alturaa máxima de até 4,70.


    Legislação

    Resolução Nº 293, de 29 de setembro de 2008

    Fixa requisitos de segurança para circulação de veículos que transportem produtos siderúrgicos e dá outras providências.

     

    Anexos da Resolução 293

     

    Guia para obtenção de AET

    O requerimento de AET para o transporte de cargas sidrúrgicas deve ser feito da mesma maneira que para o transporte de cargas especiais junto aos órgãos com jurisdição sobre a via.

    Nos dois casos se se tratar do transporte de mais de uma carga o Pedido de AET deve observar os limites de pesos legais, ou seja aqueles definidos pela Resolução 210/06 do Contran. Confira aqui>>>




    Artigo: Contran atualiza requisitos para o transporte de cargas siderúrgicas

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores