• 14/09/2020

    Índice ABCR sobe 11,2% em agosto


    FONTE: FETCESP             

     

    O índice ABCR de atividade de agosto de 2020 apresentou variação de 11,2% no comparativo com julho de 2020, considerando os dados dessazonalizados. O fluxo veículos de leves aumentou 18,5%, enquanto o de pesados avançou 1,8%. Os dados da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e Tendências Consultoria Integrada.

     

    Na comparação com o mesmo período de 2019, o índice total caiu 10,6%. O fluxo pedagiado de veículos leves recuou 14,3%, enquanto o de pesados manteve estável. “Após ligeira queda no mês passado, a movimentação de veículos leves volta a crescer com mais intensidade, associada a uma melhora da percepção em relação ao ambiente pandêmico.”, afirma Andressa Guerrero, analista da Tendências Consultoria. “Sobre os pesados, houve maior resistência às circunstâncias da Covid19 – inclusive a estabilidade da variação interanual sinaliza que esse fluxo é semelhante a patamares de 2019 – por conta da continuidade da demanda por bens essenciais, além da manutenção do auxílio emergencial, o que representou impulso adicional a bens de consumo”.

     

    São Paulo – Em São Paulo, o fluxo pedagiado total de veículos teve aumento de 10,7% frente a julho, em termos dessazonalizados. A desagregação entre leves e pesados apresentou variação de 17,4% e 1,5%, respectivamente. Em relação ao mesmo período de 2019, o índice total decresceu 12,5%. O fluxo pedagiado de veículos leves apresentou queda de 16,2%, enquanto o fluxo de pesados caiu 0,8%. Nos últimos doze meses o índice total acumula queda de 11,4%, fruto do decréscimo de 14,2% dos veículos leves e de 1,7% dos veículos pesados

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Parceiros Mantenedores