• 11/09/2020

    MInfra dá início ao segundo ciclo de avaliação estratégica


    FONTE: Ministério da Infraestrutura           

     

    O Ministério da Infraestrutura (MInfra) realizou, na última quarta-feira (9), em Brasília, a Reunião de Avaliação da Estratégia (RAE) Setorial de Transportes Terrestres. Promovida pela Secretaria-Executiva, por meio da Subsecretaria de Gestão Estratégica, Tecnologia e Inovação (SGETI), essa edição do encontro marcou o início do segundo ciclo de avaliação da estratégia do órgão, cuja meta principal é levar o Brasil à liderança da América Latina em infraestrutura de transportes.

     

    Além da Secretaria-Executiva, o encontro reuniu autoridades da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres (SNTT), Secretaria de Fomento, Planejamento e Parcerias (SFPP), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Empresa de Planejamento e Logística (EPL) e Valec, que são as entidades relacionadas ao setor em questão.

     

    Na reunião, foram analisados os principais indicadores estratégicos do setor e avaliado o nível de alcance dos objetivos estratégicos, além da realização de um balanço dos encaminhamentos da reunião anterior. O impacto da Covid-19 no setor foi um dos itens avaliados. Foi debatido também o andamento dos programas estratégicos ligados ao setor de transportes terrestres e realizadas deliberações para solução de entraves e mitigação de riscos mapeados.

     

    Dentre as conclusões da reunião, destacam-se a retomada da atividade do setor rodoviário e ferroviário a níveis semelhantes aos de 2019, após impacto representativo da pandemia nos seus primeiros meses, principalmente no modo rodoviário. Ressalta-se também a melhora de todos os indicadores de segurança nas rodovias federais e ferrovias, com redução substancial de acidentes, fatalidades e roubos de carga. Por outro lado, o colegiado concluiu que permanece como grande desafio melhorar o nível de serviço nos dois modos de transporte, considerando a escassez de recursos orçamentários. A agenda de concessões rodoviárias e ferroviárias segue avançando, com vários projetos sob análise do Tribunal de Contas da União e em outras fases.

     

    Além disso, foram analisados ainda os resultados da Pesquisa de Reação sobre o 1º Ciclo de Avaliação Estratégica, que ocorreu entre maio e julho de 2020. A avaliação geral foi de 4,15, numa escala de 1 a 5. Para Fernando Coelho, subsecretário de Gestão Estratégica, Tecnologia e Inovação do MInfra, os resultados mostram que a organização tem reagido positivamente à implantação da cultura de gestão estratégica. “A avaliação nos leva a concluir que encontramos uma governança adequada para a gestão corporativa do ministério, considerando seu tamanho e complexidade. O monitoramento mensal de programas e a organização do ciclo de avaliação em RAEs Setoriais, preparatórias à Ministerial, mostrou efetividade”, completou Coelho.

     

    Para Marcelo Sampaio, secretário-Executivo do Ministério da Infraestrutura, a Gestão Estratégica é essencial para o alcance dos objetivos da Pasta. “Para alcançar os resultados desafiadores que o Brasil necessita na área de Infraestrutura, é necessário ter método, disciplina e trabalho. As RAEs permitem avaliar se o esforço realizado está produzindo os efeitos desejados”, acrescentou Sampaio.

     

    REUNIÕES – A Governança da Gestão Estratégica do Ministério prevê, a cada trimestre, a realização de quatro RAEs setoriais e uma ministerial. As RAEs setoriais são: Transportes Terrestres, Aviação Civil, Portos e Transportes Aquaviários, além de uma para Programas Transversais. O segundo ciclo estratégico ocorrerá entre setembro e novembro deste ano.

     

    Clique aqui para conferir o Mapa Estratégico do Ministério da Infraestrutura.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Parceiros Mantenedores