• 31/07/2020

    Pernambuco espera realizar em 2022 leilão para concessão de quatro rodovias à iniciativa privada


    FONTE: JC              

     

    Com o orçamento apertado para a realização de investimentos, o governo de Pernambuco deu mais em passo em direção à atração de recursos privados para o Estado. Com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o governo firmou acordo para realização de estudos para concessão de trechos de quatro rodovias estaduais. Ao todo, a expectativa é atrair R$ 850 milhões com a concessão de 272 quilômetros das PEs-045, 050, 060 e 090. A previsão é de que o leilão possa ser realizado já em 2022. 

     

    Juntas, as rodovias cortam 30 municípios do Estado, contemplando rotas de ligação entre Escada e Vitória de Santo Antão (PE-045); Limoeiro e Vitória de Santo Antão (PE-050); Cabo de Santo Agostinho e Litoral Sul (PE-060) e Carpina e Toritama (PE-090). 

     

    Pelo acordado, o BNDES definirá o escopo dos estudos a serem realizados, contratará os consultores para suporte à execução do trabalho, além de coordenar e fiscalizar. Pelo lado do governo, a gestão é incumbida à Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Habitação (Seduh), por meio do Programa de Parcerias Estratégicas de Pernambuco (PPPE), e da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos.

     

    para o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Pernambuco, Marcelo Bruto, a concessão “não se trata apenas de uma requalificação de estradas". "A concessão traz a reboque a possibilidade de crescimento das economias locais, com a facilitação dos acessos, com o incremento da circulação de mercadorias e mais investimentos", diz. 

     

    Concessões

    O pacote de rodovias estaduais faz parte de um plano de ordem maior de concessões e Parcerias Público-Privadas previstas pelo governo do Estado. As iniciativas dentro do PPPE e também do Programa de Parcerias de Investimentos do governo federal (PPI) têm potencial de atrair R$ 1,5 bilhão, levando-se em conta os projetos já lançados.

     

    A carteira de projetos de prospecção e estruturação do Estado está dividida atualmente em três eixos: Desenvolvimento Urbano; Logística e Energia e Equipamentos. Dos projetos, espera-se executar a concessão de 26 terminais integrados de ônibus e do Centro de Convenções, além de outras iniciativas através do governo federal, como a concessão de trechos da BR-101 (miniarco), BR-232 e BR-116.

     

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Parceiros Mantenedores