• 26/06/2020

    Rodovias federais registra mais de 16 mil acidentes com caminhões em 2019


    FONTE: Frota&cia         

     

    As rodovias federais brasileiras registraram 16.802 acidentes com veículos de cargas em 2019. Dessa forma, representando 25% de todos os acidentes na malha federal. Os dados fazem parte de levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

     

    As ocorrências com caminhões, normalmente mais graves do que com veículos leves, resultaram em 1.822 mortes. Portanto, 34% de todos os óbitos em acidentes registrados no ano passado pela PRF. De acordo com os dados, 103 rodovias federais brasileiras registraram acidentes com veículos de cargas. Três delas concentram 36% dos acidentes com caminhões: a BR 116 (2.591 acidentes), BR 101 (2.348 acidentes) e BR 381 (1.059 acidentes). Essas ocorrências totalizaram 506 mortes, 28% do total.

     

    A falta de recursos é um dos principais motivos para a alta incidência e concentração de acidentes. No ano passado, os investimentos do Ministério da Infraestrutura (MInfra) em rodovias totalizaram R$ 6,6 bilhões. Assim, se tornando o menor montante em mais de dez anos. Além disso, o valor é 61% a menor que o pico de R$ 17,1 bilhões registrado em 2011.

     

    Para 2020, o MInfra conta com R$ 4,2 bilhões de recursos orçados em ações envolvendo obras rodoviárias, sendo R$ 1,6 bilhão referentes a restos a pagar de outros anos. Segundo o levantamento da CNI, do total disponível para investimentos, R$ 2,1 bilhões são para obras de adequação e manutenção das vias e R$ 1,6 bilhão para construção de novos trechos.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Parceiros Mantenedores