• 13/01/2020

    Combustíveis encerraram o ano com aumento acima da inflação


    FONTE: Frota&cia         

     

    De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os preços do etanol e do óleo diesel subiram acima da inflação nos últimos 12 meses. A alta média do etanol foi de 9,85% e a do diesel, de 5,85% no período entre dezembro de 2018 e dezembro de 2019.

     

    No mesmo período, a inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a ‘inflação oficial’ do país, ficou em 4,31%.

     

    Veja as variações do IPCA para o setor automotivo:

    Etanol: 9,85%
    Óleo diesel: 5,85%
    Gasolina: 4,03%
    Motocicleta: 3,54
    Despachante: 3,53%
    Óleo lubrificante: 3,53%
    Conserto de automóvel: 1,83%
    Automóvel usado: – 0,25%
    Automóvel novo: – 0,29%

     

    ANP também mostra aumento dos combustíveis

     

    Além disso, segundo levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulgado no dia 30 de dezembro de 2019, a gasolina ficou em média 4,85% mais cara nas bombas em 2019.

     

    De acordo com o levantamento, o preço médio do litro do combustível subiu de R$ 4,34 no fim de 2018 para R$ 4,55 no fim deste ano.

     

    Nessa mesma comparação, o etanol foi o combustível que sofreu o maior reajuste no ano, 11,51%. O preço médio do litro vendido ao consumidor saltou de R$ 2,83 para R$ 3,15. Por sua vez, o litro do óleo diesel teve alta de 8,69% no ano. Subindo de uma média de R$ 3,451 para R$ 3,751.

     

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Parceiros Mantenedores