• 11/07/2019

    Câmara dos Deputados debate importância do Sistema S para o Brasil


    FONTE: SEST SENAT          

     

    A relevância do Sistema S para o trabalho, para a sociedade e para a economia no Brasil foi tema de audiência pública realizada nesta terça-feira (9), na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, na Câmara dos Deputados. Representantes das entidades que compõem o sistema e parlamentares debateram as contribuições dessas instituições para a formação e a qualificação profissional dos trabalhadores brasileiros, a melhoria da qualidade de vida nas comunidades e para promover a inovação nas empresas do país.

     

    Na oportunidade, a diretora-executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart, afirmou que a instituição é um dos principais agentes de desenvolvimento do setor de transporte do Brasil. “O grande diferencial do SEST SENAT é que as Unidades são integradas, até mesmo em razão da forma como a categoria se organiza. Assim, o caminhoneiro, por exemplo, consegue utilizar, em um mesmo local, os serviços do SEST e do SENAT. É por isso, também, que, das 148 Unidades Operacionais do SEST SENAT, 53 estão em rodovias estaduais ou federais, e as demais ficam a menos de quatro quilômetros das principais rodovias do país.”

     

    A diretora também destacou a produtividade e a eficiência da instituição e citou que, somente em 2018, foram realizados mais de 10,6 milhões de atendimentos. “Ressalto que esses atendimentos são 100% gratuitos aos profissionais do transporte, de todos os modais, porque eles já são pré-pagos pelo empresário por meio da contribuição.” Ela reforçou que o SEST SENAT é o principal indutor da qualificação e da inovação no setor. “Muitos dos motoristas que vemos nas ruas passaram pelos nossos cursos, especialmente os regulamentados pelo Contran, que são os mais procurados.”

     

    Defesa

     

    Autor do requerimento para realização da audiência pública, o deputado federal Paulo Ramos (PDT-RJ) declarou que os serviços de aprendizagem são importantes aliados do desenvolvimento do país, no esforço para melhorar a qualidade da educação e elevar a escolaridade dos brasileiros. Segundo ele, é importante discutir a contribuição do Sistema devido “aos constantes ataques que vem sofrendo com ameaças de cortes de receita”. O parlamentar pediu que todas as entidades compartilhem suas contas a fim de aprofundar o conhecimento do Sistema e fundamentar a sua defesa de maneira qualificada.

     

    O deputado Evair Vieira Melo (PV-ES) argumentou que o Sistema S tem muito a ensinar ao Brasil, país que precisa produzir tanto. “Talvez umas das poucas coisas que funcionam por aqui seja o Sistema S.”

     

    Presidente da comissão, a deputada Professora Marcivânia (PCdoB-Amapá) orientou os demais parlamentares a requererem novas audiências sobre o tema na Câmara para, eventualmente, viabilizar um grande evento na casa sobre o Sistema S.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores