• 10/04/2019

    Presidente da CNT se reúne com o ministro da Infraestrutura


    FONTE: CNT              

     

    O presidente da CNT, Vander Costa, se encontrou, nessa segunda-feira (8), com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes. Durante o encontro, Vander Costa entregou estudos elaborados pela Confederação que elencam as obras prioritárias para o setor de transporte.

     

    No material O transporte move o Brasil – resumo das propostas da CNT ao país, a Confederação apresenta a necessidade de investir ao menos R$ 1,7 trilhão em obras de infraestrutura para transformar e dinamizar o transporte e a logística no Brasil, adequando a oferta às demandas que o país possui.

     

    “É inegável que temos um enorme potencial de desenvolvimento, mas precisamos de ações que transmitam segurança aos investidores, ao setor produtivo e à população como um todo. Acreditamos que a fórmula ‘planejamento, desburocratização e investimento’ precisa ser equacionada”, afirma Vander Costa.

     

    Na visão dele, os primeiros resultados do novo programa de concessões, já iniciado pelo governo federal, sinalizam para uma nova era na relação do Estado com a iniciativa privada. “Estamos certos de que esse é o caminho para o Brasil, avançar em direção ao futuro que se vislumbra. E também temos consciência de que, só com o fortalecimento do setor de transporte, o país conseguirá construir seu caminho de progresso e prosperidade.”

     

    O ministro Tarcísio Gomes disse que o governo está aberto ao diálogo e disposto a trabalhar para resolver os problemas que afetam o setor de transporte. “O ministério está fazendo a sua parte na estruturação de projetos para a transferência de ativos para a iniciativa privada. Isso vai liberar orçamento para investimento em regiões onde a iniciativa privada não vai chegar. Eu tenho certeza que o crescimento econômico virá e será acompanhado de provisão de infraestrutura”, afirmou ele.

     

    Entre as ações prioritárias para este ano, o ministro citou a concessão de rodovias como a BR-153, BR-381, BR-262, BR-470 e BR-101. A novidade anunciada por ele na nova modelagem é a exigência da construção de pontos de parada nos contratos de concessão. “Precisamos oferecer aos motoristas um lugar adequado para a alimentação e o descanso.” Na continuidade do programa, o ministro ainda destacou um estudo que está sendo conduzido pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para a concessão de mais 5.600 km de rodovias, além de duas novas ferrovias, terminais portuários e mais 22 aeroportos, divididos em três blocos.

     

    SEST SENAT

     

    Durante o encontro, Vander Costa, que também é presidente dos Conselhos Nacionais do SEST  e do SENAT, detalhou ao ministro o trabalho que as instituições vêm desenvolvendo para oferecer mais qualificação profissional e melhores condições de saúde para os trabalhadores do transporte.

     

    Um dos destaques da apresentação foi a ação que o SEST SENAT realiza durante a Semana Mundial de Saúde. Até sexta-feira (12), equipes de fisioterapeutas, dentistas, nutricionistas, psicólogos e instrutores estarão em mais de 70 pontos nas rodovias de todo o país levando atendimentos e orientações gratuitas aos caminhoneiros. Veja aqui a lista completa das localidades.

     

    Em 25 anos de atuação, o SEST SENAT já realizou mais 129 milhões de atendimentos aos trabalhadores do transporte, seus dependentes e a comunidade. A instituição tem como missão transformar a realidade do transporte nacional e elevar a competitividade dos transportadores por meio da educação profissional e da promoção da saúde e da qualidade de vida.

     

    Medalha JK

     

    Na oportunidade, o presidente Vander Costa ainda entregou ao ministro a Ordem do Mérito do Transporte – Medalha JK. Tarcísio Gomes, que não pode comparecer à cerimônia realizada no dia 27 de março, foi um dos 15 agraciados pela atuação em prol do transporte em 2018. Ele recebeu a honraria no grau Grande Oficial.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores