• 22/10/2018

    BNDES define financiamento na Rodovia de Integração do Sul (RIS)


    FONTE: InfraRoi            

     

    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) definiu as condições de financiamento aos investimentos previstos na concessão da Rodovia de Integração do Sul (RIS), composta por trechos das principais vias do Estado do Rio Grande do Sul (BR-101/290/386/448).

     

    Segundo estimativas do Governo Federal, R$ 13,4 bilhões deverão ser aplicados nos 30 anos de concessão da rodovia, dos quais R$ 7,8 bilhões em investimentos e melhorias e R$ 5,6 bilhões com custos operacionais.

     

    Condições – Para os financiamentos de R$ 10 milhões ou mais, contratados diretamente com o BNDES, as condições oferecidas são as da linha BNDES Finem, com custo financeiro igual à TLP, remuneração básica do Banco de 1,3% a.a. e taxa de risco de crédito conforme a análise. Nas operações de crédito indiretas, além do custo financeiro e da remuneração básica do BNDES, devem ser acrescidas a taxa de intermediação financeira de 0,15% a.a. e a remuneração da instituição credenciada, negociada entre a instituição e o cliente.

     

    A participação máxima do BNDES será de até 80% do valor dos investimentos, limitada a 100% dos itens financiáveis. Já o prazo total de financiamento, incluídos os períodos de carência e amortização, será de até 25 anos.

     

    Financiamentos com valor inferior a R$ 10 milhões contarão com as condições do BNDES Automático.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores