• 19/10/2018

    Ministros dos Transportes e da Segurança Pública assinam parceria para construção de unidades operacionais da PRF


    FONTE: Ministério dos Transportes, Portos e Aviação          

     

    Os ministros dos Transportes, Portos e Aviação, Valter Casimiro, e da Segurança Pública, Raul Jungmann, assinaram, nesta quinta-feira (18/10), na Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes em Goiás (DNIT) do estado de Goiás, protocolo de parceria para obras de implantação e construção de seis novas Unidades Operacionais da Polícia Rodoviária Federal (UOPs) nos municípios de Barro Alto, Cachoeira Alta, Jussara, Mineiros, Porangatu e Uruaçu. Também participaram da cerimônia o diretor geral do DNIT, José da Silva Tiago, e o diretor geral da PRF, inspetor Renato Antônio Borges Dias.

     

    Nesta parceria, o DNIT arcará com as obras de duplicação e implantação rodoviária para construção das unidades no canteiro central, enquanto a PRF contratará a construção das UOPs em si. O investimento previsto do DNIT nesta etapa será de R$ 18 milhões de um total estimado em R$ 30 milhões para implantação das unidades.

     

    O ministro Valter Casimiro adiantou que essa parceria interministerial para o estado de Goiás pode ser levada para outras unidades da federação. "Estamos iniciando esse tipo de trabalho aqui em Goiânia, mas pretendemos ampliar essa iniciativa para outros estados. Esse tipo de ação conjunta busca melhorias na segurança e infraestrutura dos estados", explicou Casimiro.

     

    Estas seis UOPs compõem a primeira fase da readequação da circunscrição das unidades operacionais da regional e vão impactar tanto a segurança viária quanto a segurança pública. Nesse sentido, o ministro Raul Jungmann destacou os avanços obtidos com a segurança no estado. "Aqui no estado de Goiás, nós já conseguimos reduzir em 50% o número de acidentes nas rodovias federais. Essa meta era para ser alcançada ate 2020. Isso mostra o empenho das nossas polícias e da melhoria das nossas estradas", avaliou.

     

    Em relação ao trânsito, a intenção dos novos postos é reduzir significativamente o tempo de resposta ao atendimento de ocorrências, em função de um melhor posicionamento. “A localização das unidades operacionais da PRF em Goiás remonta aos anos 60 do século passado”, explica o superintendente da PRF em Goiás, inspetor Álvaro Resende Filho.

     

    Ele salienta que para a nova localização foi feito um grande estudo técnico, que levou em conta fatores como o tamanho do trecho fiscalizado por cada unidade, quantidade de acidentes, estrutura de suporte legal (polícia civil, federal e distância à sede das comarcas). As novas unidades também reforçarão o cinturão de segurança nas rodovias federais em Goiás, cobrindo atuais lacunas em rotas de criminalidade. Uma segunda fase do projeto está prevista, com a construção de duas novas UOPs e duas sedes de delegacias.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores