• 05/10/2018

    Confira a tarifa média de pedágio de oito Estados do Brasil


    FONTE: O Carreteiro         

     

    Apesar dos motoristas de caminhão já se posicionarem a favor dos pedágios em troca de melhor infraestrutura viária, o valor das tarifas, em alguns trechos, ainda está entre as principais reclamações desses profissionais.

     

    Conversamos com o economista Carlos Campos Neto, que acompanha as tarifas de pedágio de todas as rodovias concedidas no Brasil. O economista aplica a metodologia já consagrada no setor: o valor do pedágio ponderado pela quilometragem, isto é, trabalho com R$/100km. Tal mecanismo é utilizado para uniformizar e comparar os dados.

     

    Apesar de ter o valor do pedágio para cada trecho (rodovia) concedido, Carlos explica que divulga os valores médios.

     

    De acordo com o último dado atualizado, em agosto desse ano, o Estado com menor tarifa média a cada 100km é a Bahia (R$8,09). Já a mais cara se concentra em Pernambuco (R$59,86). Porém é importante ressaltar que o elevado valor do pedágio é influenciado pela construção e operação de uma ponte que dá acesso à área residencial de alta-renda. Neste caso, o pedágio é elevado porque inclui a amortização do investimento na sua construção – trecho de 6 KM. (Tem uma segunda concessão de 44 km).

     

    Confira a tarifa média de pedágio de oito Estados do Brasil

     

    Tabela: Tarifa média de pedágios rodoviários no Brasil

     

    Tarifa Média R$/100KM

    BAHIA R$ 8,09
    MINAS GERAIS R$ 9,53
    PARANÁ R$ 13,57
    RIO GRANDE DO SUL R$
    ESPÍRITO SANTO R$ 14,81
    SÃO PAULO R$ 17,60
    RIO DE JANEIRO R$ 18,29
    PERNAMBUCO R$ 59,86
    MATO GROSSO R$ 16,07
    TARIFA MÉDIA NOS ESTADOS R$ 15,92
    TARIFA MÉDIA BRASIL R$ 11,50

    Notas: Todos os dados foram acessados em agosto de 2018.

     

    Fonte: ABCR e ANTT. Elaboração: Carlos Campos.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    Consultoria Tributária Bastazini
    O Sindipesa mantem convênio com a Bastazini Consultoria Tributária para consultas sobre questões tributárias nas importações de máquinas e equipamentos (Definitiva e temporária), assim como trabalho institucional junto aos órgãos governamentais, em especial receita federal, MDIC, MTE e planejamento. O contato com a empresa pode ser feito através do telefone (13) 3027-4788 ou email jose.bastazini@yahoo.com.br