• 02/10/2018

    Detran-SP autoriza reciclagem preventiva para motoristas das categorias C, D e E


    FONTE: Transporta Brasil               

     

    O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) disponibilizou no dia 16/5 a reciclagem preventiva para motoristas profissionais que exercem atividade remunerada nas categorias C, D e E.

     

    Previsto na resolução 723 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que regulamentou o artigo 261 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o curso é opcional.

     

    É possível pedir para fazer o curso apenas uma vez a cada 12 meses. A reciclagem pode ser realizada nos seguintes casos:

     

    – Condutor que tenha a inscrição “exerce atividade remunerada” no verso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH);

     

    – Seja habilitado exclusivamente nas categorias C (veículos de carga, como caminhões), D (veículos de transporte de passageiros, como ônibus e vans) ou E (veículo conjugado, como carreta com reboque ou trailer);

     

    – Tenha atingido de 14 a 19 pontos.

     

    O motorista profissional tem a oportunidade de se reciclar e ter retirada de seu prontuário a pontuação acumulada na CNH por infrações de trânsito. Com isso, apenas se somar outros 20 pontos nos 12 meses seguintes terá a CNH suspensa.

     

    “O motorista profissional passa muitas horas ao volante. A reciclagem preventiva permite que ele reavalie sua conduta no trânsito quando ele está com grande risco de ter a CNH suspensa, o que o impediria de trabalhar. É uma chance de ele reaprender e repensar suas atitudes, pois todos devem respeitar as normas de trânsito, colaborar para a segurança viária e, principalmente, preservar vidas”, ressalta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran.SP.

     

    Para solicitar a reciclagem preventiva, o interessado deve ir até a uma unidade do Detran.SP. Se os requisitos forem preenchidos, ele receberá uma autorização a ser entregue a uma autoescola, onde contratará o curso. Após a emissão da permissão, o condutor terá 15 dias para iniciar o curso e, a partir daí, 40 dias para terminá-lo.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    Consultoria Tributária Bastazini
    O Sindipesa mantem convênio com a Bastazini Consultoria Tributária para consultas sobre questões tributárias nas importações de máquinas e equipamentos (Definitiva e temporária), assim como trabalho institucional junto aos órgãos governamentais, em especial receita federal, MDIC, MTE e planejamento. O contato com a empresa pode ser feito através do telefone (13) 3027-4788 ou email jose.bastazini@yahoo.com.br