• 21/09/2018

    Pedágio aumenta em quatro praças da SP-333


    FONTE: Estadão             

     

    Quatro novas praças de pedágio começaram a cobrar tarifas a partir desde a 0 hora desta quinta-feira (20), na Rodovia Leonor Mendes de Barros (SP-333), na região de Marília, no interior de São Paulo. A autorização para iniciar a cobrança, homologada pela Secretaria de Logística e Transportes do Estado, foi publicada nesta quarta-feira (19), no Diário Oficial. O trecho faz parte do lote de rodovias do centro-oeste paulista sob gestão da concessionária Entrevias.

     

    No pedágio de Pongaí, instalado no km 234, motocicletas pagam R$ 3,80, automóveis e utilitários R$ 7,50, veículos com semirreboque R$ 11,30 e veículos com reboque, R$ 15.

     

    Já na praça de Marília, no km 315, o valor será de R$ 3,60 para motos, R$ 7,30 para automóveis e utilitários, R$ 10,90 para semirreboque e R$ 14,50 para veículos com reboque.

     

    No pedágio de Echaporã (km 354), motos pagam R$ 2,70, automóveis e utilitários, R$ 5,30, semirreboque, R$ 8, e veículos com reboque, R$ 10,70.

     

    Em Florínea (km 447), os valores são de R$ 3,90 para motos, R$ 7,90 para automóveis e utilitários, R$ 11,80 para semirreboques e R$ 15,70 para veículos com reboque.

     

    Ação

    A cobrança do pedágio no km 315, em Marília, é alvo de uma ação do Ministério Público Federal (MPF) porque um trecho da rodovia se sobrepõe à Transbrasiliana (BR-153), que já tem pedágios federais. A Justiça chegou a suspender a cobrança através de liminar, mas a medida foi cassada pelo Tribunal Regional Federal da 3a Região (TRF-3). O mérito do processo ainda não foi julgado.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores