• 12/07/2018

    Caminhões: pesados sustentam crescimento


    FONTE: Autodata            

     

    As vendas de caminhões no primeiro semestre chegaram a 32 mil 25 unidades, crescimento de 49,3% ante idêntico semestre de 2017, sustentado, principalmente, pelo desempenho das vendas no segmento de pesados. De janeiro a junho representaram metade das vendas de caminhões no País – foram 14 mil 189 unidades, crescimento de 87,4% ante o volume vendido no mesmo semestre do ano passado.
     
    As vendas de veículos da categoria, inclusive, concentram a expectativa da indústria de vender mais caminhões este ano na esteira das demandas do agronegócio.
     
    Na categoria a Mercedes-Benz foi a empresa que mais vendeu no semestre: 4 mil 99 unidades, 88,2% a mais do que o volume vendido pela empresa durante o ano passado. A Volvo foi a segundo empresa que mais vendeu pesados no período, 3 mil 857, alta de 88,2% no mesmo padrão de comparação. A Scania vem logo atrás, na terceira posição: vendeu 3 mil 595 unidades, crescimento parecido com o das demais companhias, 88%.
     
    Nas demais categorias foram vendidas, no semestre, 7 mil 368 unidades de semipesados, alta de 33,5% na comparação com volume vendido no primeiro semestre do ano passado. Os médios foram 2 mil 986 mil, em alta de 66,35% na mesma comparação, e os leves foram 5 mil 667 unidades, alta de 13%. Os semileves somaram 1 mil 815 unidades no período.
     
     
    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores