• 28/05/2018

    O diferente mundo do transporte e movimentação de carga pesada e excepcional


     

    Conforme notícias divulgadas pela mídia, a paralisação dos caminhoneiros continua. O movimento passou a ocupar os acostamentos e as faixas de rolamento estão sendo utilizadas por carros e alguns poucos produtos que os manifestantes não interrompem o trânsito.

    Os transportes e movimentações de cargas pesadas e excepcionais continuam paralisados compulsoriamente uma vez que não há como serem realizados devido à inexistência de mínimas condições geométricas. Os profissionais ligados a este segmento e as pessoas que pelo menos uma vez já presenciaram uma operação da atividade, sabem disso.  

    Mesmo que geometricamente fosse possível realizar os serviços, a situação já caótica ficaria ainda pior devido à baixa velocidade que se trafega e por mais uma série de motivos, entre eles: técnicos, operacionais e de segurança.

    O segmento permanece compulsoriamente paralisado e as empresas acumulam prejuízos que vem tornar a situação financeira ainda mais crítica.

    Infelizmente, não temos como prever quando a situação poderá ser normalizada para nosso segmento.

     

    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores