• 25/05/2017

    Frota da Protege passa a contar com o maior caminhão blindado do Brasil


    Titanis possui capacidade para transportar até 28 paletes
     
    O Grupo Protege está ampliando sua frota de caminhões blindados utilizados na prestação de serviços de transporte de carga segura com a utilização do novo veículo pesado batizado de Titanis, o maior da categoria no Brasil.

    Trata-se de um conjunto formado pelo cavalo-mecânico com transmissão automatizada Volkswagen 25.420 8x2 e por um semirreboque do tipo furgão de três eixos, com 18,6 metros de comprimento. O veículo possui capacidade para transportar até 28 toneladas de carga, ou 28 paletes PBR, contra os 14 paletes do modelo Troodon, também utilizado pela Protege.

    Protege

    O caminhão foi projetado para realizar o transporte em trajetos de médias e longas distâncias de eletroeletrônicos, medicamentos, cartões, documentos sigilosos, formulários de cheque em branco e mercadorias de alto valor agregado, especialmente em grande escala. O cavalo mecânico e o semirreboque possuem blindagem que atende ao nível mais alto de homologação estipulada pelas autoridades brasileiras.

    O valor da apólice do seguro total da carga transportada é um dos mais altos do mercado, gerando economia na hora de contratação do frete e maior segurança para os clientes. “Trata-se de uma solução completa ao eliminar a contratação fracionada de seguro, o gerenciamento de risco e logístico, a escolta e a divisão do frete em várias viagens”, explica o diretor-geral do Grupo Protege, Mario Baptista de Oliveira.

    O serviço de carga segura prestado com o caminhão Titanis será feito com coletas centralizadas primeiramente no estado de São Paulo e entregas em todo o território nacional. Ele conta com o embarque de quatro vigilantes armados e treinados, além de monitoramento e rastreamento permanente em tempo real. As aberturas do baú de carga, por exemplo, são realizadas remotamente pela central de inteligência da Protege.

    A companhia possui uma frota composta por 1.800 veículos, com quatro diferentes capacidades para o transporte de cargas de alto valor agregado e refrigerados para a movimentação de medicamentos regulamentados pela Vigilância Sanitária.

    Tecnologística - SP
    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores