• 20/04/2017

    Agetop e PM discutem instalação de praças de pesagem


    A Agetop e a Polícia Militar de Goiás, por meio de seu Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), estão realizando estudos para a instalação de balanças de pesagem nas rodovias pavimentadas estaduais. Em reunião realizada ontem, diretores da Agetop, comandantes do CPRv e o comandante-geral da PM, coronel Divino Alves, apresentaram projetos que preveem aproximadamente 35 praças de pesagem que funcionarão, na maioria, junto aos postos da polícia rodoviária. A prioridade é construir nas rodovias com intenso tráfego de veículos de carga, utilizados no escoamento da produção agropecuária e de mercadorias no Estado.

    O principal objetivo é garantir a qualidade e o prolongamento da vida útil do pavimento para dar continuidade às boas condições das rodovias, por meio do controle de peso das cargas transportadas pelos caminhões. Pesquisas mostram que cerca de 75% dos veículos de transporte de cargas excedem o limite de peso e causam danos nas rodovias. Segundo estatística do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), sem sobrecarga a vida útil média do pavimento nas rodovias brasileiras é de 10 anos. Com excesso de peso de 10% por eixo, a vida útil cai para cinco anos e diminui a dois anos e meio quando o excesso de carga é de 30% por eixo.

    corpo-do-texto-400A ação da Agetop e da PM ocorre no momento em que o Governo de Goiás retoma as obras de construção e restauração das rodovias por meio do programa Goiás na Frente, daí a necessidade de reduzir as irregularidades com o excesso de peso. O excesso de carga acarreta, além da deterioração do asfalto, a redução da velocidade e da capacidade de frenagem dos veículos, comprometendo a segurança de todos nas rodovias. Segundo números do Dnit, os prejuízos anuais com danos originados do excesso de peso nas rodovias podem chegar a até 2% do PIB.

    Divulgação
    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores