• 20/04/2017

    Investimentos visam melhorias na infraestrutura do Espírito Santo


    Duplicação e ligação de rodovias são consideradas as principais obras

    O estado do Espírito Santo se prepara para obter o crescimento econômico e a melhoria na qualidade de vida. O motivo são os cerca de R$ 13 bilhões investidos nos transportes, energia elétrica, abastecimento e tratamento de água e ampliação do saneamento. 
     
    Segundo o Secretário de Estado de Desenvolvimento do Espírito Santo, José Eduardo de Azevedo, o estado está superando desafios e traça metas para o futuro. “Já são 12 projetos que envolvem logística e outros elementos de infraestrutura, áreas fundamentais para garantir o desenvolvimento econômico”. 
     
    Entre as obras mais importantes, está a duplicação da BR–101. Serão 20 km de novas pistas na primeira fase, com um investimento de R$ 110 milhões. A ideia é aumentar a fluidez no trânsito e agilizar o transporte rodoviário no estado.
     
    O mesmo acontecerá quando for iniciada a duplicação da BR–262, que liga o Espírito Santo a Minas Gerais. O investimento do governo federal deve chegar a R$ 300 milhões, sendo R$ 120 milhões para o primeiro trecho, entre Viana e Domingos Martins.
     
    Outro projeto importante para melhorar a logística na Região Metropolitana é a Rodovia Leste-Oeste, que será uma ligação direta entre a Rodovia Darly Santos (em Vila Velha) e a BR–262 (em Cariacica), a BR–101, em Viana, e o Contorno. “É uma obra importante para facilitar o acesso ao porto e retirar caminhões das vias congestionadas na área metropolitana”, destaca o secretário.
     
    As obras da Rodovia Leste-Oeste são realizadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), que também fará parte da segunda fase das obras da Avenida Alice Coutinho. A previsão é que, até o fim deste ano, o trânsito na Leste-Oeste seja liberado.

    Frota&Cia - SP
    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores