• 14/03/2017

    Governador confirma investimentos em logística para beneficiar agronegócio


    O governador Geraldo Alckmin confirmou investimento de R$ 200 milhões em logística que vai beneficiar o escoamento dos produtos agropecuários dos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. A  medida foi anunciada durante participação  na inauguração do novo armazém de açúcar da Tereos-Guarani, em Tanabi. “Estamos investindo na hidrovia Tietê-Paraná ligando à rodovia e ferrovia para melhorar a logística em todo agronegócio”, disse.
     
    A medida possibilitará a vazão de grãos e outros insumos em direção ao Porto de Santos. Serão retirados mais de 700 mil metros cúbicos  de rochas que têm impedido a travessia de embarcações no trecho, prejudicando o escoamento da produção pela hidrovia. A intervenção faz parte de  projetos que compõem o Protocolo de Intenções firmado entre o Ministério e o governo do Estado de São Paulo, com vigência até 2020. A  expectativa é de que o trabalho seja concluído até agosto de 2019.
     
    GUARANI: Sobre o novo armazém de açúcar da Guarani, Geraldo Alckmin destacou o índice de empregabilidade do grupo Tereos que possui nove mil colaboradores no Estado de São Paulo, bem como a importância das  usinas de açúcar, etanol e bioeletricidade. “Esse setor agrega valor e preserva o Meio Ambiente com sustentabilidade por ser uma energia limpa e renovável”, disse. O tucano destacou a redução  da alíquota do ICMS no etanol de 25% para 12%. “O Estado de São Paulo está ajudando  e colocando toda infraestrutura a serviço do agronegócio”, disse.
    .
    MEIO AMBIENTE: O diretor do Grupo Tereos, Jacyr da Costa Filho, disse que o novo armazém atende todas as regras e protocolos estabelecidos pela Cetesb dando todas aprovações para execução. “O mercado de açúcar é bem cíclico e estamos vivendo hoje um bom momento”, disse. Sobre o mercado sucroalcooleiro, destacou o incentivo do Estado ao etanol.
     
    INVESTIMENTO: O novo armazém de açúcar do Grupo Tereos tem capacidade para estocar 80 mil toneladas de açúcar VHP e a granel.  O investimento de R$ 60 milhões foi empregados em aumento da capacidade de moagem da cana de açúcar, equipamentos e cogeração de energia. Com isso, a capacidade total de moagem das unidades da Tereos no Brasil crescerá de 10% (20 milhões para safra 2017/2018) saltando para 22 milhões de toneladas de cana para safra 2020/2021.

    O Diário Online - SP
    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    

    Sócios Mantenedores