• 09/03/2017

    Preço do frete para transportar soja continua subindo em Mato Grosso, aponta Imea


    O preço pago pelos produtores para transporte de soja continua subindo. No último mês, conforme boletim do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), houve aumento em todas as praças pesquisadas. O maior reajuste foi a partir de Rondonópolis, com destino ao porto de Paranaguá (PR). Lá, os produtores pagam R$ 185 por cada tonelada de soja transportada, uma elevação de 23,33% em relação ao mês passado.

    A partir de Sorriso, também com destino ao porto paranaense, houve aumento de 16,33%. Com isso, a tonelada transportada, que até o início de fevereiro custava R$ 235, passou a custar R$ 285. Também a partir de Sorriso, porém com destino a Rondonópolis, o preço para transportar soja é de R$ 118/tonelada (aumento de 5,36%).

    O Imea apurou ainda que houve aumento de 6,15% para transportar a tonelada de soja de Sapezal para Porto Velho (RO), com a tonelada custando R$ 138, e de Canarana para Santos, com a tonelada passando a custar R$ 260 (reajuste de 15,56%). 

    Olhar Direto - MT
    Notícias relacionadas:

    Serviços

    O Sindipesa mantem convênio com a Paulicon consultoria nas questões relacionadas a legislação que afeta o transporte rodoviário de cargas, de trânsito, tributária e trabalhista através do telefone (11) 4173-5366

    Consultoria Tributária Bastazini
    O Sindipesa mantem convênio com a Bastazini Consultoria Tributária para consultas sobre questões tributárias nas importações de máquinas e equipamentos (Definitiva e temporária), assim como trabalho institucional junto aos órgãos governamentais, em especial receita federal, MDIC, MTE e planejamento. O contato com a empresa pode ser feito através do telefone (13) 3027-4788 ou email jose.bastazini@yahoo.com.br